Como manter o seu termoacumulador: os nossos conselhos

Encontre aqui os nossos conselhos para efetuar a manutenção da sua caldeira, para aumentar a sua vida útil e assim proporcionar poupanças energéticas!

Aumentar a vida útil do termoacumulador e fornecer poupanças energéticas!

A manutenção de um termoacumulador elétrico está ao alcance de todos, contanto que siga as diretrizes do fabricante. Contudo, não hesite em solicitar ao seu técnico de instalação um contrato de manutenção bienal, se possível. Tal é altamente recomendável para bombas de calor e sistemas solares térmicos.

MANUTENÇÃO REGULAR EM TRÊS PASSOS

Independentemente do tipo de tecnologia, devem ser realizadas com regularidade três operações:

  1. Opere a alavanca da válvula de despressurização de escoamento, para evitar entupimentos, em caso de depósitos de incrustações. Idealmente, faça-o uma vez por mês.
  2. Escoe o reservatório do termoacumulador (peça a um profissional para o fazer) pelo menos a cada dois anos, em áreas com água dura. Esta ação permite-lhe livrar-se de depósitos de incrustações no elemento de aquecimento. Cuidado: faça-o manualmente sem abrasivos nem produtos químicos. Não se esqueça de trocar a junta ao remontar.
  3. Verifique as ligações elétricas, o estado dos fios elétricos, os termostatos e outros dispositivos de regulação.

Para Bombas de Calor e Sistemas solares térmicos

Nas bombas de calor, limpe os filtros pelo menos uma vez por ano. Cuidado: é obrigatória uma certificação de refrigeração para controlar a estanquicidade do circuito que contém o refrigerante (necessário ao funcionamento da bomba).

Nos sistemas solares térmicos, verifique com regularidade a limpeza dos painéis solares instalados no telhado. No geral, não é necessária nenhuma intervenção, a chuva lava a poeira e os outros depósitos.